Curso EAD semi-presencial – 708 horas aulas

Conhecimentos sobre especificações e avaliações de equipamentos médico-hospitalares em processos de aquisição, elaboração de contratos para aquisição de serviços e equipamentos, e elaboração de programas para o gerenciamento da manutenção corretiva e preventiva destes equipamentos

Análise, avaliação e controle de risco. Classificação de risco de acordo com a ferramenta HFMEA e modelo de gerenciamento de risco aplicado na área hospitalar. Analisar outros tipos de riscos e liderança de uma equipe de gestão de riscos.

Apresentação das principais ferramentas da área da Engenharia de Fatores Humanos e sua importância para engenheiros clínicos, de forma que os alunos possam analisar criticamente o impacto da usabilidade na área da saúde.

Apresentação de conceitos básicos de Tecnologia da Informação – TI, e sua utilização na gestão em saúde, integração de sistemas e equipamentos e atuais tendências da TI na área de saúde.

Relevância e importância da especificação de equipamentos para a sustentabilidade dos serviços de saúde, incorporação de tecnologias em saúde, particularidades referentes a equipamentos médico-hospitalares e bases de dados para busca de informações técnicas.

Conhecimento de alguns conceitos de estatística para utilização em Avaliação de Tecnologias, o Gerenciamento de Custo e o Gerenciamento de Projetos

Apresenta ferramentas para auxiliar o especialista em Engenharia Clinica a desenvolver uma análise técnico-financeira para auxílio no processo de aquisição e gerenciamento financeiro de sua equipe.

Abordagem de práticas de gerenciamento de recursos humanos, de comportamento organizacional, e dos métodos de gestão de pessoas a fim formar uma base ao Engenheiro Clínico no papel de  gestor de Recursos Humanos.

Apresentação das principais metodologias e ferramentas aplicadas ao planejamento e à gestão de operações e à melhoria dos processos, de produtos e serviços. 

Apresenta informações que possibilitem a utilização da metodologia proposta pelo PMI – Project Management Institute, que criou o PMBOK – Project Management Body of Knowledge, para a inicialização, planejamento, implementação, acompanhamento e controle de projetos e processos.

Aborda as principais ferramentas utilizadas para Gestão da Qualidade, por uma abordagem TQM (Total Quality Management), visando um modelo de administração de empresa que tem como objetivo aprimorar os processos organizacionais, com uma melhora contínua e sempre agregando valor aos produtos ou serviços oferecidos.

Noções sobre estratégia empresarial, marketing estratégico e estratégia competitiva. Tipos de indústrias e desenvolvimento de suas estratégias. Elaboração de um plano de negócio (business plan) para projetos e novos negócios. Mapa estratégico e seu papel na estratégia da empresa. Importância do uso da inteligência artificial, aprendizado de máquina (machine learning) e inteligência analítica (analytics) na elaboração e definição da estratégia da empresa.  

Conceitos básicos de física médica e suas aplicações às modalidades de Radiodiagnóstico, Radioterapia e Medicina Nuclear, com ênfase nos aspectos de Proteção Radiológica aplicados à área, para permitir a participação do Engenheiro Clínico nos processos de aquisição de equipamentos e adequação de áreas para uso de radiações em medicina. 

Informar ao especialista em Engenharia Clínica sobre seus deveres e direitos com relação ao trabalho que desenvolve na melhoria do sistema de gerenciamento de equipamentos. O conhecimento destas informações deverá gerar a necessidade de melhoria dos registros de ocorrências da manutenção e melhoria do sistema de comunicação com os demais serviços da unidade de saúde. 

Desenvolvimento de projetos em grupo de alunos e de pequena duração, objetivando a aplicação prática dos conhecimentos apresentados ao  longo do curso, assim como treinar o aluno na elaboração do Trabalho de Conclusão do Curso

Estruturas internas da empresa para combate a corrupção. Desenvolvimento de Programa de Integridade (Compliance). Elaboração de um Código de Conduta. Introdução da lei 12.846, decreto 8.420, FCPA (Foreign Corrupt Practices Act) e lei de suborno do parlamento do Reino Unido (The Bribery Act).

Apresentação do processo de regularização de empresas, de dispositivos médicos na ANVISA e em outros órgãos reguladores correlatos. Visão geral sobre os requisitos nacionais e internacionais de certificação e registro de dispositivos médicos para comercialização no sistema de saúde brasileiro.

Desenvolvimento da forma de apresentação e estruturação do conteúdo a ser apresentado por cada aluno no Trabalho de Conclusão do Curso

Tem como objetivo principal fornecer conhecimentos da anatomia humana e funcionamento dos sistemas biológicos, e relacioná-los com diferentes sinais e imagens na utilização de equipamentos.

Será abordado os princípios de funcionamento e características básicas de desempenho e segurança dos principais equipamentos utilizados em estabelecimentos assistenciais de saúde.

Transmitir ao especialista em engenharia clínica as bases da instrumentação aplicada ao diagnóstico por imagens e à radioterapia. Apresentar e discutir as novas tendências associadas a tais temas, além de possíveis problemas a serem abordados por este especialista.

Conhecimento de conceitos da Arquitetura Hospitalar, quanto aos fluxos de pacientes e materiais, ambientes mínimos, acessibilidade e  especificidades de cada área, visando à qualificação dos espaços físicos.

Conhecer a infraestrutura de instalações elétricas, hidráulicas e de gases em unidades de saúde para auxílio na análise de projetos, propostas e montagem destas facilidades no hospital. 

Informar ao especialista em Engenharia Clínica sobre os conceitos de Aprendizado de Máquinas, Redes neurais, modelos preditivos trazendo exemplos de aplicações com Inteligência Artificial na área da Engenharia e o impacto da mesma na transformação Digital da Saúde.

Pesquisa, desenvolvimento e apresentação escrita e oral de tema relativo a área de Engenharia Clínica.





Atividade presenciais

  • Apresentação de trabalhos

  • Visitas hospitalares / CEB

  • Demonstração de equipamentos

  • Provas / Avaliações

  • Workshops

  • Discussão com alunos

  • Atividades lúdicas

  • Discussão de projeto

  • Apresentação de resultados